Novo C5 “perde” versão mais luxuos

Diesel, na Europa, é sinônimo de carro de passeio eficiente. Os motores que usam o óleo estão na maioria dos veículos novos e nem de longe lembram os das picapes médias e dos caminhões brasileiros.

Uma pena, pois o novo Citroën C5 HDi 138 encanta. Foi o primeiro avaliado pela Folha numa viagem de 250 km pelo interior de Portugal. Mas não deveríamos ter andado nele.

As estradas íngremes mostram o quanto ele é melhor que o 2.0 16V a gasolina, a única versão a ser importada para o Brasil a partir de outubro. A perua também estará no Salão de São Paulo, mas só deve chegar no começo de 2009.

O HDi não é melhor em potência -tem 138 cv ante 143 cv do C5 a gasolina-, mas em torque. Há turbina de geometria variável e mais força que em seis cilindros em “V”: 34 kgfm.
O 2.0 16V sofre por 20 kgfm. É honesto no C4 Pallas, mas fraco para os 1.583 kg do C5, 135 kg a mais que o C5 anterior.

O HDi ainda traz um câmbio automático de seis marchas, e o 2.0 16V, apenas um de quatro.
Nas subidas de Óbidos, o sedã a gasolina não sabia bem em que marcha deveria estar. Há um “buraco” entre elas e, no plano, em quarta e última marcha, a rotação fica alta demais.

Resultado: o computador de bordo do C5 a gasolina apontava consumo de 7,8 km/l, e o da versão a diesel, 12 km/l. O que o 2.0 tem de bom o HDi também tem: acabamento, espaço interno, ESP (controle de estabilidade), sete airbags e suspensão hidroativa.

Alguns hão de crucificar o ruído do motor a diesel. É quase injustiça. Sua injeção direta o deixa “liso” como um motor a gasolina de uma década atrás. Na França, o HDi atinge 74% das vendas do C5 e é só 1.600 mais caro que o C5 a gasolina, que chegará aqui por R$ 90 mil.

O V6 deixará de ser importado. “Com tanto imposto, o V6 chegaria ao Brasil por R$ 120 mil. Ninguém paga R$ 30 mil por um motor”, diz Sérgio Habib, presidente da Citroën. Dos 322 C5 vendidos em 2007, apenas 5% eram V6 –a diferença de preço era de R$ 42,6 mil. O V6 (215 cv) também era o mais fraco da categoria –o Volkswagen Passat tem 250 cv, e o Toyota Camry, 284 cv.

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: